Como aplicar a filosofia budista no dia a dia

 em Lifestyle, Meditação, relaxamento

O budismo é uma forma de conexão entre corpo e alma. A filosofia budista possui muitos princípios, porém, é comum nos esquecermos dessas práticas durante a correria do dia a dia, o que torna um pouco difícil a imersão completa. Para te ajudar a encontrar a melhor forma de se conectar com a filosofia budista, separamos algumas das práticas que precisamos realizar todos os dias (ou sempre que possível, claro!).

Técnicas de meditação

Essa talvez seja a prática mais comum e própria do budismo, pois eleva a mente e traz uma enorme paz interior a quem pratica. Para que possamos atingir o nirvana, é necessário dominar algumas técnicas de meditação simples, que podem ser realizadas em casa, porém, com muita disciplina e em lugares específicos. O recomendado é que a pessoa monte um altar, no qual as boas energias estarão centralizadas, ou ao menos realize o processo em um lugar tranquilo e com fortes energias da natureza, como um jardim.

Manter o pensamento positivo

Não há nada mais importante na filosofia budista do que estar sempre em paz consigo e com os outros. Para que as boas energias venham em sua direção, você precisa primeiro conseguir emanar boas energias para todos que te cercam. É importante nunca esquecer que o princípio do budismo é sempre praticar a gentileza e ter amor ao próximo.

Esquecer as diferenças

Somos todos um. Esse é o principal ensinamento de Buda e é algo que devemos levar conosco se a intenção é seguir os outros princípios básicos. É comum do ser humano a facilidade de simpatizar com o próximo e entender o sofrimento alheio se a pessoa não deseja o mesmo para si. A empatia vem do desejo de que haja paz para todos, da mesma forma que você deseja essa paz para si próprio.

Relaxamento

Todos enfrentamos grandes problemas no decorrer da vida, mas o importante é nos mantermos firmes para enfrentá-los diretamente. Quanto mais uma pessoa pensa que qualquer dificuldade seja impossível de resolver, menos chances terá de enfrentá-la. Ao invés do desespero em frente a um problema que parece insolúvel à primeira vista, é importante que as pessoas realizem uma sessão de yoga e busquem dentro de si uma maneira de enfrentá-los com tranquilidade.

Retiro budista

Essa alternativa é um pouco mais intensa, pois requer tempo e disposição do praticante. O retiro budista é um local de paz, onde as pessoas conseguem se encontrar e sentir a energia maior que os cerca.

Por fim, deixamos com a palavra a sempre maravilhosa Monja Coen no vídeo “Como aplicar o budismo no dia a dia e vencer o ego?: “para que nós possamos ser seres que transmitem a paz, nós nos tornamos a paz. E, para nos tornarmos a paz, nós temos que conhecer o ego”. Confira o vídeo completo aqui!

Clique aqui e aproveite para conhecer nossas peças inspiradas nos tradicionais malas budistas, para incrementar suas práticas, decorar o seu altar ou até mesmo servir de amuleto!

Boas práticas!

Conteúdo produzido por Mãos Ocupadas. A cópia e distribuição é autorizada desde que citada a fonte.

 

Referência

https://blog.buddhagroove.com/5-ways-of-integrating-a-mindful-practice-in-your-daily-life/

Créditos da imagem: pixabay.com

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

como começar a meditarO que são chakras?