Japamala

Você sabe o que é japamala? Antes de mais nada é importante entendermos  o japamala como um tipo de rosário. Na nas tradições orientais como hinduísmo e budismo, é o instrumento milenar usado para contar o número de vezes que um mantra é recitado, as respirações feitas durante a meditação, para a proteção contra energia negativa ou simplesmente para o relaxamento e alívio da tensão.

Um pouco da história

De acordo com historiadores, há registro do uso de colares de contas na África há 10.000 a.C. Ao longo dos séculos, inúmeras culturas usaram e usam colares de contas feitos com uma grande variedade de materiais. Todavia, não há consenso sobre as origens exatas dos colares de contas. Seja como for, há indícios de que seu uso provavelmente remonta aos hindus, na Índia. Posteriormente, os budistas se apropriaram do conceito do hinduísmo.

Significado

A palavra japamala vem do sânscrito onde “jap” significa “murmurar, sussurrar” e “mala” quer dizer “cordão, colar”. Neste sentido podem ser confeccionados de diversos materiais e decorado de inúmeras formas. Todavia devem ter sempre 108 contas ou múltiplos deste número (54, 27, 18, 9).

As partes do japamala

Além disso, o japamala pode ser composto por diversas partes, entre elas estão as contas, o cordão, os entremeios, os marcadores, o meru e o tassel.

Dessa forma, são muitos os materiais com os quais o japa pode ser feito. Por outro lado, nós optamos sempre por confeccionar nossas peças com materiais nobres. Não apenas pela beleza, mas principalmente pelas propriedades energéticas, utilizamos pedras semi preciosas, madeiras, sementes. Entre estes materiais, destacamos pedras como a ametista e turquesa; sementes como as de bodhi e lótus e; madeiras como a tulsi e sândalo.

As sementes de rudraksha

Definitivamente, não podemos nos esquecer das nossas favoritas, as sementes de rudraksha. Também conhecidas como ‘Lágrimas de Shiva’, são o item esotérico mais celebrado por diversas linhagens e buscadores espirituais. Ainda mais elas tem sido amplamente utilizadas desde tempos imemoriais.

Além disso, as rudrakshas desempenham um papel fundamental no apoio do crescimento espiritual. Alguns dos benefícios atribuídos ao rudraksha incluem aprimorar a intuição, tranquilizar a mente, ajuda na meditação, purificação da aura, limpeza dos chakras, proteção contra energias negativas e distorcidas.

Antes de usar o japamala

Nunca é demais lembrar que, ao ganhar, fazer ou comprar um japamala é muito importante consagrar ou ativar o seu japamala. Assim você estabelecerá a conexão dele com suas energias e intenções.

Em conclusão, seja qual for a sua orientação religiosa, tais objetos e práticas movimentam nossa energia e ajudam a liberar as tensões condensadas pelo ritmo cotidiano cada vez mais frenético.

Uma mente livre e “limpa” é capaz de concentrar-se de forma equilibrada no que é necessário e verdadeiro para cada momento, selecionando a essência da aparência para traduzir a mudança interior em transformação exterior. Saiba como ativar seu japamala neste post aqui.

108 contas

São inúmeras as teorias sobre o porquê de 108 contas. Dentre as mais aceitas, está a de que 108 é um número consagrado por razões matemáticas, físicas e metafísicas, sendo um produto de operações simples. Exemplo: ao se multiplicar 1 por ele mesmo (1¹), 2 ao quadrado (2²) e 3 elevado ao cubo (3³), a equação é 1 x 4 x 27 = 108. Mais.

Pulseira japamala de 27 contas

Todavia o de 108 contas seja o mais tradicional, existe também o japamala de 27 contas. Também conhecido como pulseira japamala, é muito usado como amuleto de proteção. Devido ao seu tamanho, é fácil de portá-lo no dia a dia, permitindo que você tenha um japamala sempre por perto e te ajudando, ainda mais, em suas práticas.

Saiba mais sobre

o-que-e-japamala

Como cuidar do seu

como-cuidar-do-japamala

O que é semente de rudraksha

japamala feito com sementes de rudraksha

Destaques

veja todos os japamalas mãos ocupadas
0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar