O que é meditação cristã?

 em Meditação

O significado de meditação é bastante difundido como o ato de voltar-se para dentro de si, em um momento de extrema concentração, através do qual a mente e os pensamentos são esvaziados. É também comumente ensinada como uma prática de religiões orientais. Na Bíblia, é possível encontrar a palavra meditação em alguns versículos, mas nada sobre sua prática, tampouco sobre mantras. Como esse é um assunto que gera muitas dúvidas, esse texto pretende explicar o que é meditação cristã.

Além do dito acima, podemos compreender a meditação também como uma forma de oração contemplativa, ou ainda, oração centrante, pois visa centrar o ato para si. Outrora, a prática de meditação cristã chegou a ser marginalizada e esquecida por ser considerada pelo clero como algo Budista, que nada tinha a ver com a palavra de Deus e os ensinamentos do Cristianismo.

A origem da meditação cristã se dá por volta dos séculos III e IV, como uma prática dos monges do deserto das regiões do Egito e da Mesopotâmia. Foi reavivada há pouco mais de 30 anos por John Main, um monge beneditino que teve seu primeiro contato com esta prática ao fazer uma viagem à Malásia. Ele acreditava que  a antiga tradição cristã de oração meditativa deveria estar acessível a todos como uma valiosa e relevante prática para combater o ritmo acelerado do mundo de hoje.

Então, John Main começou a passar o ensinamento adiante, através de pequenos grupos em Londres, na Inglaterra, e depois em Montreal, no Canadá. Com os passar dos anos, os grupos foram aumentando ao redor do mundo e foi formada a Comunidade Mundial para a Meditação Cristã (WCCM, na sigla em inglês).

Mas afinal, o que é meditação cristã?

Imagem: Incensos Fênix

A prática da meditação cristã consiste na repetição interna e silenciosa de uma palavra-oração (mantra).  Muitos praticantes utilizam a palavra aramaica (idioma falado por Jesus) MARANATHA, que significa “Vem senhor”. Repetir o mantra, nesse caso, é uma forma de ajudar a concentrar a atenção no momento presente.

Diferente da prática das meditações orientais, onde busca-se o esvaziamento da mente, o objetivo da meditação cristã é encher-se da palavra de Deus, da presença de Cristo e de toda a devoção divina.  Para esta disciplina espiritual, os momentos de quietude e solitude levam ao praticante a sentir o presente momento e seu contato com Deus.

A interpretação de o que é meditação cristã também pode ser definida como uma aproximação com a paz e o amor Divino diante do vazio interno e das preocupações sobre as pequenas coisas cotidianas que fazem as pessoas se distanciarem de Deus. Segundo essa filosofia, todos precisam de um lugar de âncora em suas vidas. Um lugar de serenidade, um refúgio de paz além das preocupações do dia-a-dia em mundo de total agitação. Para muitos, a meditação cristã oferece exatamente isso.

Quer saber mais sobre os tipos de meditação e práticas orientais? Acompanhe o nosso blog!

Fontes:  http://www.wccm.com.br/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Medita%C3%A7%C3%A3o_crist%C3%A3

https://casa.abril.com.br/bem-estar/aprenda-a-fazer-meditacao-crista/

Conheça nossa coleção “Os Quatro Elementos” + Elemento Éter

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Kadampa: Conheça o método budista contemporâneomulher-meditação-guiada-online